Informativo à População

13 NOV 2016
13 de Novembro de 2016

“NAS CRISES POLÍTICAS O MAIS DIFICIL PARA O HOMEM HONRADO É , NÃO CUMPRIR COM   O SEU  DEVER ,  MAS DESDE LOGO SABER  QUAL  É  O   SEU DEVER.“

 (L. G. DE BONALD, PENSÉES SUR DIVERS SUJETS) 


Fiel á finalidade que motivou a sua fundação o jornal O DOMÍNIO DO FATO  (CNPJ 15.181.232/0001-60),nos termos da Lei Orgânica do Município de Raul Soares (artigo 29 -  § 2º) e Regimento Interno da Câmara Municipal de Raul Soares (artigo 175), coordenou o movimento popular  que deu origem ao PROJETO DE LEI  de redução de subsídios dos agentes políticos de Raul Soares, para a próxima legislatura.

As razões do movimento:  Dificuldades no País ante uma série de desencontros na administração pública central.

O  fantasma da recessão que assusta a todos.

A consequência já se fez presente com a  redução dos repasses constitucionais aos municípios, fonte principal de receita.

Alguns,  que aparentemente vivem fora da realidade,  procuram, ainda hoje, iludir a opinião pública  com palavras . . .  palavras e mais palavras . . .

O  povo, principalmente os mais humildes, são os  que mais sofrem com os erros cometidos.

Os vereadores, não há quem duvide, como legítimos  representantes do povo, tem meios de minimizar os acontecimentos no âmbito municipal amparados em princípios morais, éticos, e com fundamento nas disposições constitucionais e  legais, como a Lei Orgânica a maior no âmbito municipal. Cumpre aos nobres edis neste final de legislatura, mais do que nunca,  discutir e democraticamente participar do processo legislativo tendo sempre em vista a defesa do interesse público. 

Porém, em uma democracia, uma verdadeira democracia, não é lícito que ninguém negue ao povo, ostensivamente ou através de sofismas e insinuações, o direito de opinar, concordar e discordar daquilo que não julga correto.

Não há dúvidas de que vivemos hoje dias muito especiais.

Em Raul Soares, há já alguns anos, os subsídios municipais ficaram realmente fora da realidade nacional.

Cumpre, agora, aos vereadores, nestes dias especiais a que nos referimos, fazer a correção.

Que sejam discutidos e aprovados os valores julgados mais justos para a remuneração dos agentes políticos de Raul Soares, para a legislatura de 2017/2020, reconhecendo que o  dinheiro público, como o do povo, anda escasso.

Jornal "O Domínio do Fato".

Voltar


Tenha você também a sua rádio